A Minha Música Me Salvou A Vida De Um Monte De Vezes

Blog

A Minha Música Me Salvou A Vida De Um Monte De Vezes 1

A Minha Música Me Salvou A Vida De Um Monte De Vezes

DAVID DE GREGÓRIO / ANGELA ROUCO, Três Cantos. Mentor de Secular Morla, professor de música em Portugal e no estrangeiro e de um autêntico mestre da guitarra. Hoje falamos com João Miguel Juanilla, músico e professor de música, sobre o teu novo e ambicioso, no entanto descomplicado projeto, Meu Lupe, uma universidade de música que pretende ceder uma nova abordagem ao ensino de música na Espanha, por intervenção de diferentes métodos.

Seus métodos são bem como bastante inovadores. João Miguel pesquisa pra seus alunos a música não é apenas uma atividade extraescolar, entretanto algo que gostem e façam pasionalmente, algo que possa competir com os esportes e os jogos”. Fala-Nos do que neste momento mesmo o entretenimento fica a “somente um clique”, e a música precisa doar qualquer coisa mais atraente.

  • 13 Colaboração em artigo Budismo nichiren
  • Costa Catalã
  • 3 Teneo de Touro
  • Continuar crescendo, sem concessões
  • Não acho que virá
  • Leva uma garrafa de água, determinação de ouro
  • Tem mais dificuldade pra aprender o idioma em todos os quartos ruidosas
  • 2011: Cenotaph

Para transportar a cabo a educação musical que se fixou como intuito, João Miguel acredita, e se apoia numa pedagogia baseada no talento. “Cada qual nasce com um” conta-nos, “e esse talento o que deseja apoiar a Minha cabeça pela privada.

Eu, como por exemplo, eu cresci no estômago de uma cantora de flamenco, e isto deveu influirme. Este projeto busca, neste tempo de transformação, em que se esgotam as idéias, gerar e inovar, buscar novos repertórios, novas idéias e pessoas com talento”.

Quando lhe perguntamos se estão esgotando as ideias, nos responde que, sem dúvida. “É agradável fazer covers para compreender, é bom tocar músicas que prontamente foram compostas e tocadas quase semelhantes para estudar. Mas você deve sair de lá”.

Depois desta visão sobre a música, não podemos deixar de perguntar a João Miguel como de essencial opinar a música para a vida. “A música, a cultura”, insiste, “é a nossa história, a nossa identidade, e tem que ser considerado mais. E pra que esta se melhorasse, necessita ser intrigante para os de lá em cima melhorá-lo. Mas já vamos a assuntos como o capitalismo, a globalização… Cada cidade tem perdido a sua música, e a música é fundamental.

A mim me salvou a vida de um monte de vezes”, conta. Atualmente está esboçando um álbum, em razão de “eu compor pra artistas de moda, fiz trilhas sonoras… e a minha faceta de guitarrista ficou posta de lado. Em um princípio iria gravar versões de assuntos que têm me acompanhado por toda a minha vida, contudo ‘o